top of page
  • Foto do escritorInstituto Kaplun

Gestão e sala de aula: Como os professores estão se preparando para novos aprendizados?

Educadores aprendendo as dinâmicas da gestão da sala de aula. Foto: Beatriz Matos

A gestão eficaz da sala de aula é um pilar crucial no cenário educacional, moldando não apenas o ambiente de aprendizagem, mas também influenciando diretamente o desenvolvimento dos alunos. No contexto dinâmico da sala de aula, o professor assume um papel central não apenas no processo de aprendizagem, mas também na administração dos relacionamentos. A habilidade de coordenar de maneira integrada esses elementos emerge como um fator determinante para o êxito do ambiente educacional. 

É nesse contexto que a diretora do Instituto Kaplun, doutora Janete Cardoso aborda as estratégias inovadoras de gestão de sala de aula, visando impulsionar aprendizagens efetivas e capacitando os educadores para enfrentar os novos desafios que emergem dentro da sala de aula. Janete parte de sua experiência como doutora e mestre em educação e deu sua atuação como especialista em Supervisão Escolar, dinâmica dos grupos, metodologias ativas e metodologias de Ensino. 

Na busca de um ambiente educacional mais dinâmico e eficiente, Cardoso instiga educadores a repensarem suas práticas e estratégias de gestão refletindo sobre a realidade das salas de aula e as narrativas ali construídas. Consciente dos desafios enfrentados pelos educadores, ela reconhece que estes profissionais estão imersos em uma cultura que muitas vezes não reconhece adequadamente o papel do educador e, portanto, cultivar o autocuidado dentro do ambiente educacional tornar-se crucial para falar sobre gestão escolar. “Falar de gestão na sala de aula inclui falar do professor também. A educação é a cura de tudo o que desenvolve e quer ser, e o professor faz curas constantes", acrescentou.

cultivar o autocuidado dentro do ambiente educacional tornar-se crucial para falar sobre gestão escolar

De acordo com a doutora Janete Cardoso, a organização dos espaços físicos também é uma preocupação vital para manter uma gestão efetiva, sendo essencial que esses ambientes estejam devidamente estruturados. A reflexão proposta pela Dra. Janete destaca a relevância do design da sala de aula, um espaço que não apenas comunica, mas também desempenha um importante papel na conquista de uma gestão eficaz. A professora enfatiza a importância de integrar de forma harmônica os elementos físicos e pedagógicos, enfatizando que "o físico e o pedagógico devem andar lado a lado". Para ela, o design da sala de aula desempenha um papel significativo no processo educacional, influenciando diretamente a experiência de aprendizado dos alunos. 

Há outro tema bastante recorrente entre os educadores quando se fala sobre gestão na sala de aula, segundo a especialista: a dificuldade na aplicação prática dos conceitos aprendidos.  Segundo ela, uma estratégia eficaz para superar esses desafios é a adoção de um planejamento assertivo. "O planejamento vai permitir conhecer bem o seu público, o seu grupo, conhecer as potencialidades desse grupo, as dificuldades que esse grupo tem e, a partir daí, trazer atividades lúdicas que sejam envolventes e que tenham a participação dos estudantes", explicou. Na visão de Cardoso, uma das raízes desse problema está nas metodologias tradicionais. Elas não conseguem engajar plenamente os alunos. "É importante o professor pensar em atividades que envolvam os estudantes, façam eles se mexerem, tenham que executar alguma coisa, que eles mexam com as mãos, que eles escrevam, que eles caminhem pela sala de aula, porque, tradicionalmente, a gente quer deixá-los sentados e, sentados, não vai funcionar", afirmou.


Professores e coordenadores em processo de aprendizagem 


Atividade prática envolvendo algodão e escrita. Foto: Beatriz Matos

Nem todas as escolas adotam abordagens inovadoras na formação de professores. Segundo a professora Janete Cardoso, há um obstáculo encontrado na disposição das escolas em receber profissionais que propõem conteúdos mais dinâmicos e participativos e que ainda estão ancoradas na crença de que a formação teórica é suficiente. “Nem todas as escolas estão adotando esse encaminhamento e, para nós do Instituto Kaplun, é urgente que as instituições comecem a pensar sobre isso, também é necessário apostar em coordenações bem efetivas, que é a coordenação pedagógica”, afirmou.  

A Escola Salesiana de Brasília (ESB) destaca-se como uma instituição dedicada à eficiente gestão na sala de aula, promovendo sessões de capacitação, por mais de uma vez ao longo do ano. Na Semana Pedagógica de 2024 da escola, tradicionalmente realizada uma semana antes do início das aulas, a Doutro  Janete Cardoso esteve presente, a convite da direção, para abordar tópicos cruciais, incluindo a comunicação assertiva como base para um bom relacionamento em sala de aula, o papel do professor como coordenador do processo de aprendizagem e relacionamento, estratégias para lidar com diferentes estilos de aprendizagem e métodos eficazes para gerenciar conflitos em sala de aula de forma produtiva. 


Ao final da palestra, a Coordenadora Pedagógica do Ensino Fundamental I, Rachel de Sousa Bueno, enfatizou a importância do conhecimento e aprofundamento para avanços significativos nos processos de ensino e de aprendizagem.  “Eu entendo que a busca de conhecimento, de aprofundamento, de metodologias e de práticas pedagógicas são essenciais para esse processo formativo, para que a gente tenha avanços significativos nos processos de ensino aprendizagem dentro de salas de aula", afirmou ela, destacando o cuidado que a Escola Salesiana tem em trazer especialistas para capacitar os educadores. “Nós buscamos nos palestrantes, informações para aprimorar e aplicar os ensinamentos, fazer diferente", acrescentou.

O nosso diferencial, nosso grande diferencial, tem sido este, o cuidado

Kayran de Souza Fernandes, de 32 anos, formado em letras e gestão escolar, atuando há dois anos como orientador educacional no Ensino Fundamental II e Ensino Médio, também compartilhou sua visão a respeito das atividades propostas pela instituição, ressaltando sobre a identidade humanística que a escola tem, ao incluir treinamentos para os educadores e que reflete diretamente nos estudantes. "O nosso diferencial, nosso grande diferencial, tem sido este, o cuidado e o preparo para a construção de uma educação integral do estudante e a construção do cidadão, do estudante como um ser, como um cidadão para lidar com ambientes, cenários complexos do mundo externo, de mercado de trabalho, de desafio emocional, socioemocional, como que ele está num ambiente onde ele atua, como que ele se porta nesse cenário", disse ele.  

Para o professor José Salvador Borges, especialista em letras e que ministra aulas para diferentes faixas etárias, a palestra proporcionou uma perspectiva enriquecedora sobre a singularidade de cada indivíduo. "Temos que saber do nosso papel e como agir na individualidade de cada pessoa, porque, geralmente, a gente trabalha olhando para o todo, e esse olhar mais cuidadoso, esse olhar mais mapeado é essencial na sala de aula", acrescentou.  

Shirlene de Morais Guida, com mais de 23 anos de experiência na área da educação e atualmente ocupando o cargo de Coordenadora Pedagógica na Escola Salesiana, destacou os desafios enfrentados na gestão da sala de aula. "É um desafio muito grande o professor manter o foco dos alunos dentro de sala de aula e, ao mesmo tempo competir com os eletrônicos. As redes sociais talvez sejam um desafio da contemporaneidade", afirmou. 


Equipe de educadores da Escola Salesiana Brasília - 2024. Foto: Beatriz Matos

A edição da Semana Pedagógica da Escola Salesiana de Brasília deste ano contou com a participação de aproximadamente 90 profissionais, entre coordenadores e professores. O evento representa o ponto de partida para um período de intensa preparação e alinhamento, no qual educadores, coordenadores e demais profissionais da área se dedicam a discutir e planejar estratégias para o novo ano letivo. 



Janete Cardoso é Doutora e mestre em educação, especialista em Supervisão Escolar, graduada em Filosofia e Pedagogia. Especialista em metodologias ativas, Dinâmica do Grupos e em metodologias de Ensino. Como palestrante, mentora, professora e pesquisadora universitária, dedica-se a temas diversos, desde educação e formação de professores até ética, educomunicação, desenvolvimento humano, cultura de paz e comunicação não violenta. Além de seu papel acadêmico, Janete Cardoso é sócia-diretora de Educação no Instituto Kaplun e coordena o programa "Minhas Escolhas, Minha Vida". 



Colaboração especial: Beatriz Matos



124 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Yorumlar


bottom of page